Julho/2017

Eu Fui

Veja quais as cidades que os leitores da Viajar é Simples visitaram em suas últimas viagens:

Ju e o namorado tirando selfie em MilãoJu e o namorado tirando selfie em Milão

Milão e Florença

A Itália era um dos meus sonhos de viagem pela Europa, não só porque parte da minha família vem de lá, mas também pelas ruazinhas, pela arte e pela comida. E, olha, a Itália não me decepcionou. Viajamos eu e meu namorado, para passar o Natal e o Ano Novo por lá. Como o tempo era curto, decidimos conhecer só duas cidades: Milão e Florença.

A primeira parada foi Milão! Por ser fim de ano, os hotéis do centro estavam concorridos, e acabamos ficando hospedados perto da Estação Central e do metrô. Foi uma ótima pedida, porque o metrô passa pertinho de vários lugares turísticos da cidade. Não deixe de ir ao Duomo, a catedral da cidade, que é linda por dentro de por fora. Dá para fazer uma visita gratuita ou paga, com direito a subir no terraço da igreja. Ali do lado fica a Galleria Vittorio Emmanuele II, com todas as lojas de marcas internacionais famosas.  Mas gostei mesmo foi do bairro de Navigli, um pouco mais afastado, às margens de um riozinho, mas bastante badalado. Tem bares e restaurantes ótimos!

Ficamos só três dias em Milão, e fomos para Florença de trem, são duas horinhas de viagem.  Florença tem mais “cara de Itália”, por assim dizer, tem aquele ar de cidade medieval, ruas estreitas onde há um café ou uma sorveteria a cada esquina, e milhares de prédios históricos e museus.  Foi minha cidade preferida, com certeza. Não conseguimos ir a todos os museus que queríamos, por conta das filas enormes. Fomos na Galleria degli Uffizi, que é onde estão obras famosas como O Nascimento de Vênus, do Boticelli, e a Medusa, do Caravaggio. Ele é enorme e cheio de obras de arte, então vale tirar uma manhã inteira para ficar lá.

Outra coisa legal que fizemos foi o city tour com aqueles ônibus Hop on-Hop off, que você pode subir e descer quando quiser, e passear por toda a cidade. Ah, e claro, entre um passeio e outro experimentamos várias massas deliciosas nas trattorias da cidade. As que ficam no centro são meio caras, mas achamos alguns lugares ótimos perto do Mercado Central e da Praça da Liberdade, com preços mais em conta e porções bem caprichadas de macarrão.

Nós acabamos perdendo algumas coisas por não ter comprado ingressos com antecedência. Não sabíamos, por exemplo, que para ver a Última ceia, do Da Vinci, que está exposta em Milão, é preciso fazer uma reserva pela internet com pelo menos um mês de antecedência. E os museus de Florença, como o Uffizi e a Galleria dell’Academia, também vendem ingressos online. Mas, claro, é uma ótima desculpa para voltar para a Itália  e ver tudo de novo.
 

Juliana Bellegard – 31 anos - Sorocaba (SP)

Se você quer contar sua última viagem, escreva um e-mail para contato@viajaresimples.com.br

Desenvolvimento: SOCCI Comunicação Integrada | Design: ZAP Stúdio