Na cidade de Socorro, é possível praticar Stand Up Paddle levando até seu animal de estimação - Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Aventuras no verão de Socorro (SP)

por: Sylvia Barreto
11 de dezembro 2017

Pertinho da cidade de São Paulo, a apenas 138 quilômetros, Socorro é ideal para quem quer alternar momento de adrenalina com outros de relaxamento em pleno interior. Há alguns anos o município tem se especializado e se tornou referência no turismo de aventura, inclusive para quem tem dificuldades de locomoção, no Brasil. São opções de tirolesa, trilhas, rafting, arvorismo e tantas outras atividades que tiram qualquer um da poltrona.

Banhada pelo Rio do Peixe, Socorro é uma ótima opção para o verão para aqueles que querem dar uma fugida da praia. Dá para se refrescar nas águas dele ou das piscinas das diversas pousadas entre uma atividade e outra. Quer saber o que é imperdível na cidade? O Viajar é Simples foi até o local e voltou com as melhores dicas!

A cidade de Socorro fica a apenas 138 quilômetros de São Paulo – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Para passar um dia cheio de aventuras, há alguns pontos certos na cidade. Um dos mais completos é o Parque Monjolinho, o local oferece: bóia cross, rafting, tirolesa, trilha, arvorismo, off road, rapel e Stand Up Paddle. Quem quiser aventura, mas sem muito esforço, pode fazer um passeio de veículo apropriado para trilhas, é o chamado Off Road (R$ 70). O roteiro é bem contemplativo e passa por fazendas e montanhas da Serra da Mantiqueira, tendo como paradas a Cachaçaria Santo Mé e o Mirante Pico da Cascavel. Dura duas horas e meia e custa R$ 70 por pessoa.

Os mais corajosos podem optar pelo rapel (R$ 40) em uma descida de 30 metros. Os praticantes descem amarrados em equipamento de segurança por uma corda. Crianças a partir de oito anos podem participar da atividade. Outra opção ótima de aventura é a tirolesa (R$ 35) do parque, um circuito aéreo com três fases que, juntas, somam 300 metros de extensão.
Dezessete obstáculos em cima de árvores mais uma mini tirolesa fazem parte do circuito de arvorismo (R$ 52) do Parque Monjolinho. O participante encontra na atividade desafios como a travessia de pontes por cordas e cabos de aço. Dura, aproximadamente, uma hora. Se preferir algo mais simples, pode optar pela parede de escalada (R$ 10) do parque.

No Parque Monjolinho, adultos e crianças podem praticar atividades de aventura, como o arvorismo – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

O Rio do Peixe banha o Parque Monjolinho e é usado para três atividades distintas. Uma dela sé o bóia cross (R$ 42), atividade na qual a pessoa embarca em um bote individual e desce por diversas corredeiras, sempre com operadores e equipamentos de proteção. Quem preferir o rafting (R$ 79), desde 22 corredeiras em um bote para cinco pessoas mais o instrutor. É pura adrenalina e dura duas horas e meia.

Atividade que vem ganhado fama no Brasil e é recente no Monjolinho é o Stand Up Paddle (R$ 60). Os praticantes ficam em cima de uma prancha e vão remando pelo Rio do Peixe. Um diferencial no local é que cachorros de pequeno porte podem acompanhar seus donos nessa aventura que dura por volta de uma hora.

O Stand Up Paddle é feito no Rio do Peixe com saída do Parque Monjolinho – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Para completar o dia de exercícios, dá para fazer ainda a Trilha do Cipó (R$ 30), que é bem simples e curtinha, uns 3 quilômetros. Dá para entrar em contato com a natureza, parar num pomar e comer frutas direto do pé e ainda se pendurar em um cipó! Depois de tanta atividade, não dá para deixar de fazer uma refeição saborosa. Nem precisa sair do Monjolinho para almoçar, o local tem restaurante no sistema buffet com comida bem caseira. O Parque Monjolinho abre de quarta a domingo das 09h00 às 18h00 durante todo o ano e na temporada de férias e feriados, todos os dias. A entrada custa R$ 10 por pessoa. O site é: www.parquemonjolinho.com.br

Que tal visitar uma gruta?

Um dos pontos mais bonitos de Socorro é, sem dúvida, a Gruta do Anjo. Ela fica no Corredor do Rio do Peixe, perto do Parque Monjolinho, é ideal para fazer passeios combinando as duas atrações. Desativada em 1995, era usada na extração de minerais desde 1960. As explosões para retirada de minérios acabou formando em suas paredes figuras curiosas, como um anjo.
A Gruta do Anjo tem um belo espelho d´água e quem a visita ainda pode fazer um passeio de pedalinho nele além da contemplação. Fica aberta de terça a domingo das 09h00 às 16h30. O ingresso custa R$ 25 por pessoa e crianças até cinco anos não pagam. No local também há uma pousada. Mais informações no site: www.pousadagrutadoanjo.com.br

A Gruta do Anjo foi usada por décadas para extração de minérios e é um atrativo turístico atualmente – Crédito: Sylvia Barreto

A vista mais bonita da cidade

Para ver Socorro do alto e ter a vista mais bonita da cidade é preciso ir até a o Mirante Pedra da Bela Vista. O próprio nome já diz tudo, não? Com 1250 metros de altitude é o ponto mais alto da região. Para quem não quer fazer nenhum exercício, não precisa, é possível chegar até o topo de carro, do centro da cidade são 9,5 km, sendo que uns 5 quilômetros sem asfalto, mas é bem simples o trajeto.

Um dos horários mais procurados é o do pôr do sol. A vista do alto nesse período fica ainda mais bonita. E, para acompanhar, ainda dá para saborear uma delícia peruana em plena Serra da Mantiqueira, trata-se do Pan de Palo. O idealizador do parque, Daniel Rosa, conheceu a receita em uma de suas viagens pelo país. Para se deslocar pela cordilheira, muitos moradores levam uma massa de pão para assar em fogueiras pelo caminho que pode ser recheada com algumas iguarias do Peru, como carne de lhama e milho. Rosa adaptou os recheios para o Brasil com opções como muçarela, requeijão e carne seca. O pão é assado na fogueira com o horizonte como fundo.

No Mirante Pedra da Bela Vista dá para fazer rapel e trekking – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Mas nem só de contemplação vive a Pedra da Bela Vista. No ponto turístico também tem atividades para os mais aventureiros. Imagina só fazer um rapel no lugar com a vista mais bonita da cidade. Pois há um rapel (R$ 85) de 98 metros! Nele está incluso também um de 15 metros usado para treinos. Quem quiser fazer um trekking (R$ 65) pela região e conhecer melhor esse cantinho de Socorro também tem essa opção e inclui um rapel de 10 metros no caminho.

Para ter um ponto de observação ainda mais abrangente, a Pedra da Bela Vista oferece o chamado Rock View (R$ 35). O visitante é colocado com equipamento de segurança bem na extremidade da pedra e pode observar tudo ao seu redor. Para se exercitar sem aventura, tem o arco e flecha (R$ 35). Se quiser aproveitar o dia todo por lá, tem restaurante que oferece almoço à la carte aos finais de semana e feriado no ano todo e pizza na pedra depois das 16h00. Durante a época de férias, consulte dias de funcionamento.

O Pan de Palo é assado no espeto pelo cliente com esse visual – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Se quiser fazer uma viagem mais rústica e de contato com a natureza, ainda dá para se hospedar em um pequeno chalé bem na Pedra da Bela Vista. Com a proposta de soft-camping, há cabanas com camas e um conjunto de mesa com duas cadeiras para apoio. O banheiro é coletivo e fica do lado de fora das acomodações.

Para contemplação, a Pedra da Bela Vista fica aberta todos os dias das 10h00 ao pôr do sol. A taxa de entrada é R$ 10. O site é: www.pedrabelavista.com.br

Comer, beber e comprar

Socorro também é conhecida por ser um polo de produção têxtil. Por isso, há boas opções de compras por lá. As duas maiores concentrações de lojas ficam bem pertinho uma da outra, no km 4 da rodovia Pompeu Conti. Uma delas é a Feira Permanente de Malhas e o Shopping Moda Fábrica.

Aproveite que está na região e vá até o Horto Municipal, que está ao lado do shopping. Nele, o turista se aproxima do produtor rural de Socorro sem precisar sair da região urbana. Em 2017, foi inaugurada no Horto a Casa do Turismo Rural. Nela, há diversos produtos produzidos na cidade, como mel e queijos. Aos sábados e domingos, das 09h00 às 18h00, é servido o café rural, com bolos, bolinho de chuva, pães, sucos e outras delícias da região. Custa R$ 15 por pessoa.

Se é fã de cerveja, perto do Horto, no chamado Corredor da Pompéia, abriu também em 2017 a Loa Premium da Ecobier, cerveja produzida em Socorro, aliás, a fábrica fica ao lado. No espaço é possível provar e comprar os produtos da marca, como o chope engarrafado. Fica aberta diariamente das 09h00 às 17h30.

Ainda no Caminho Turístico da Pompéia, no km 1, é possível fazer uma pequena viagem no tempo na história de Socorro. Em agosto de 2017 foi instalada a Maria Fumaça 208. Até meados dos anos 60, ela transitou pelas cidades da região implantada pela Companhia Mogiana. Agora, os visitantes podem ver uma parte dela que fica em exposição.

Maria Fumaça usada no passado na região ganhou espaço para exposição em Socorro – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Bônus de Natal

Quem visitar Socorro até 06 de janeiro de 2018 ainda pode aproveitar a 5ª edição do evento Luzes de Natal. Os principais cartões-postais da cidade, como as Praças da Matriz e do Fórum, os portais e o horto municipal, que abriga a Casa do Papai Noel, são completamente decorados com 500 mil garrafas pet doadas por moradores e parceiros.

As garrafas viram enfeites como flores, guirlandas, sinos, velas, anjos, bengalas, botas, harpas, estrelas e bolas que decoram o ambiente. Além dos enfeites e da árvore de Natal que dão a Socorro um charme natalino, o evento também conta com uma programação de lazer, que inclui corais, bandas de baile e shows de artistas locais e renomados, inclusive da noite de Reveillón. As atrações do Luzes de Natal são gratuitas.

Socorro transforma garrafas pet em decoração natalina – Crédito: Daniel Rosa

Serviço

Site oficial de turismo: www.socorro.tur.br

Onde comer?

Lubeck Restaurante

Restaurante completinho, com pratos, porções, drinques e até chope da casa, o Lubeck é ideal para almoço, happy hour, jantar e até uma esticadinha de fim de noite. Não deixe de provar um dos bolinhos feitos no local. Se ficar na dúvida, peça o Mix do Chef (R$ 27,90). São dez unidades no total dos seguintes bolinhos: gorgonzola com champignon, carne seca com abóbora, feijoada, queijo e coxinha. Aberto para almoço todos os dias, para o jantar de quinta a sexta e com música ao vivo aos sábados e domingos.

Endereço: Rua José Bonifácio, 135

Site: www.lubeckbar.com.br

Bolinhos preparados no Lubeck em um prato só: Mix do Chef – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Ristorante Di Napoli
Lugar de comida de qualidade e pratos bem servidos. Para começar, peça a Bruschetta (R$ 10,90) que leva apenas tomate e parmesão, serve duas pessoas. Há opções como lasanha, massas com e sem recheio, carnes, frutos do mar e aves. O Filé Mignon à Pamergiana (R$ 39,90) é um dos pratos mais pedidos. Abre às quartas e quintas para o jantar, sextas e sábados para almoço e jantar e apenas para almoço aos domingos.
Endereço: Rua Capitão Joaquim de Souza Pinto, 177 – Eco Posto Cowboy
Site: www.ristorantednapoli.com.br

O Ristorante Di Napoli é aposto certa para quem quer comer uma boa comida italiana em Socorro – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Onde ficar?

Pousada Igarapé
Sabe aquela pousada aconchegante, simples e com tudo que precisamos? A Pousada Igarapé é assim. São quartos confortáveis, piscina, redes e um café da manhã bem servido. Wi-Fi gratuito. A localização é ótima, dá para ir caminhando até o centro de Socorro. Diárias a partir de R$ 180 o casal. Quem se hospeda por lá ainda ganha desconto em diversos atrativos da cidade.
Endereço: Rua Mazolini, 53 – Centro
Site: www.pousadaigarape.com.br

Pousada Igarapé – Crédito: Rodrigo Barrionuevo

Hotel Fazenda Campo dos Sonhos
O Campo dos Sonhos é referência em turismo de aventura para pessoas com mobilidade reduzida e deficiências físicas. É mais afastado do centro, ideal para quem procura tranqüilidade. Como de fato o espaço é uma fazenda, além das atividades de aventura, há muito contato com os animais, como cavalgadas. Dá até para tirar leite das vacas pela manhã. Diárias a partir de R$ 450 (baixa temporada) o casal com quatro refeições e diversas atividades de aventura inclusas. Cortesia para crianças de até quatro anos.
Site: www.campodossonhos.com.br

Para reservar um hotel em Socorro, basta clicar aqui!

Atenção, os valores das atrações, hotéis e restaurantes mencionados na matéria foram pesquisados em dezembro de 2017

*A equipe do Viajar é Simples (repórter e fotógrafo) viajou a convite da Secretaria de Turismo de Socorro


Fatal error: Call to undefined function get_gallery() in /home/storage/e/78/3e/viajaresimples/public_html/wp-content/themes/viajar_simples/single-news.php on line 69