O microchip Flexioram é facilmente instalado - Crédito: Divulgação

Dica: chip de celular para usar em 140 países

por: Sylvia Barreto
10 de julho 2018

Existem pouco mais de 190 países de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU). Para ter acesso a dados da internet em pouco mais de 70% deles, ou 140 países, chegou no Brasil um chip adesivo único que não precisa ser trocado a cada nova viagem. É o Flexioram. A cada destino com cobertura que o usuário viaja ele só precisa ativar o sistema do microchip e a operadora local parceira irá começar a funcionar para uso de dados.

Como funciona?

O usuário compra o microchip pelo site flexiroam.com.br ou em quiosque do Terminal 2 do Aeroporto de Guarulhos (SP). Após a compra, basta adesivar o chip que usa no Brasil (pode ser de qualquer operadora) com o microchip Flexiroam. Depois disso, é preciso baixar o app do produto e fazer um pequeno cadastro. A única ressalva é que o Flexioram não pode ser aplicado em chips que foram cortados manualmente, apenas chips originais de fábrica.

No manual, o usuário é instruído a mudar uma pequena configuração no aparelho, que muda conforme o sistema, se iOS ou Android. No app, o cliente controla a quantidade de dados que tem disponível, todo chip já vem com 100MB de pacote de dados para ser usado em qualquer dos 140 países em que o Flexiroam funciona. O usuário também compra seus pacotes de dados pelo aplicativo.

Ao chegar a cada destino, o usuário deve habilitar o celular para usar o SIM Flexiroam. Uma vez habilitado, o Flexiroam irá receber o sinal da companhia local parceira e o celular irá começar a funcionar com ela para dados de internet. O chip usado no Brasil não será retirado do celular, mas não funciona enquanto o modo Flexioram estiver habilitado.

Planos

Os clientes podem optar por planos globais, que funcionam nos 140 países, por planos regionais (para continentes) e por planos especiais para cada país. Se o usuário for uma pessoa que viaja muito, o ideal é comprar um pacote de dados de plano global. Caso vá muitas vezes para a Europa, pode optar por um plano de dados do continente. Ou, optar por um plano de dados de um país específico a cada viagem.

O Flexiroam costuma fazer promoções para quem adquire pacote de dados para continentes ou países com uma antecedência mínima de 30 dias da viagem. Além disso, nos planos o cliente também escolhe em quantos dias quer usar seus dados. Por exemplo, compra 1GB para usar em sete dias. Os valores variam de acordo com quantidade de dados, região e dias de uso. No pacote Américas, por exemplo, que inclui USA, Canadá e mais 12 países da região, o viajante adquire 1GB ao custo de US$ 8. No pacote Europa, que cobre 31 países, 1GB sai por US$ 10.

O usuário só paga pelo microchip uma vez e pode recarregar quantas vezes quiser. Se for trocar o chip que usa no Brasil e tiver um Flexiroam anexado nele, o ideal é que leve em uma loja para fazer a transferência de um chip para outro e não ter que comprar um novo.

É possível fazer ligações?

O Flexiroam não permite ligações via linha telefônica comum, apenas via internet, pelo app.  Como é um produto que usa a tecnologia da telefonia IP, o usuário irá gastar seus dados, como se fizesse uma ligação via Skype. Porém, a própria empresa Sipvoice Telecom, responsável pelo chip, orienta que esse tipo de uso só deve ser feito em uma emergência porque a cobrança é feita descontando dados do pacote e o consumo por minuto é um pouco elevado. Claro, você também pode usar seus dados para fazer ligações via Skype, Facetime e similares.

*A equipe do Viajar é Simples recebeu um microchip e ele foi usado com facilidade em viagem por dois países europeus

ENVIAR COMENTÁRIO

0 Comentários