A linha 13-Jade funciona no primeiro mês (abril/18) apenas aos sábados e domingos - Crédito: Divulgação CPTM

Finalmente, trem (quase) chega ao Aeroporto de Guarulhos

por: Sylvia Barreto
30 de Março 2018

Paulistana e viajante que sou, eu nunca nem havia viajado de avião e já sonhava com o trem que chegaria até o Aeroporto de Guarulhos (SP). Adolescente, eu pensava em frequentar bastante o local no futuro. Pesquisei e o vi que Alckmin prometeu o transporte desde seu primeiro mandato como governador em 2000. Eu estava com 16 anos e acho até que essa promessa pode ser mais antiga, de outros políticos, porque lembro que mais jovem isso passava pela minha cabeça.

Agora, amigo leitor, estou com 34 anos. Fiz faculdade, entrei na vida adulta, estou quase casando e tendo filhos e, finalmente, Alckmin cumpre sua antiga promessa e o trem que chega quase ao aeroporto de Guarulhos começa a funcionar dia 31 de março, a Linha 13-Jade da CPTM. Como nada na vida, muito menos no governo do Estado, é perfeito, meu antigo sonho está sendo realizado em partes.

Nos meus desejos de quem cresceu vendo os Jetsons e que, depois, já adulta, conheceu alguns aeroportos incríveis do mundo, o dito trem chegaria na porta dos terminais ou bem próximo. Pois não será bem assim. Passei ao lado estação nesta semana quando ia ao aeroporto. Ela só tem uma parada, que fica mais ou menos próxima ao Terminal 01, que é o primeiro para quem chega ao aeroporto, ainda há mais dois terminais mais para frente.

A estação fica do outro lado da rodovia. O viajante deve atravessar uma passarela, mas até aí tudo bem se chegássemos a alguns passos do terminal. Porém, isso não acontece, ainda há uma boa distância do local que sai a passarela até a entrada do Terminal 01, ainda mais para uma pessoa de mala. Para remendar o trabalho, o Aeroporto de Guarulhos terá alguns ônibus para fazer o trajeto até o local e para os outros dois terminais. Ou seja, adicione aí um bom tempo para o passageiro chegar no balcão do check-in e dá-lhe carregamento de mala. Imagina aquele que precisa ir até o Terminal 03?

Antes de escrever o texto, mandei um e-mail para a assessoria de imprensa da CPTM com oito perguntas. Me responderam com um texto padrão que não levava em consideração algumas questões. Uma das ignoradas foi “A estação final no Aeroporto fica a quantos metros do Terminal 01?” A outra era: “Qual a razão da linha não chegar diretamente no Terminal 01 e também não atender os dois outros terminais?”

Talvez, especulação minha, o aeroporto não tenha permitido a construção mais próxima, mesmo que do Terminal 1. Mas, um projeto que está rolando por aí há 18 anos, não poderia ter se adequado melhor ao que o passageiro necessita? Tudo bem que GRU mudou muito desde 2000 até os dias atuais, a administração pública passou a ser privada, ganhou novos terminais e, quando o projeto inicial foi lançado, só havia o pavilhão que hoje é o 02. E, seja a administração que não permitiu construções ou o governo que falhou, que paga o pato é a população.


Booking.com

Como pegar o trem

Eu não consigo ver o trem só com olhos positivos, parece até que não estou sendo agradecida. É que fico inconformada de ter esperado tanto tempo e, agora, receber algo que poderia ser muito melhor. E, quem pensa que em 31 de março todos os problemas já estarão resolvidos e será bem simples chegar ao aeroporto, engane-se, a operação começa a passos de formiga.

Primeiro mês de operação (abril) – A Linha Jade-13 tem 12,2 km de extensão e três estações: Aeroporto-Guarulhos, Guarulhos-Cecap e Engenheiro Goulart (totalmente reconstruída), onde acontece a integração com a Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), na capital paulista. Essa linha, durante o primeiro mês, funciona em operação assistida com trens circulando apenas das 10h00 às 15h00 (ajuda muito quem embarca às 22h00) a cada meia hora, somente aos sábados e domingos. O trajeto dura 15 minutos e não há cobrança de tarifa.

Vamos fazer um trajeto aqui, apenas para ilustrar. Eu moro bem pertinho da Estação Santana do metrô, Linha Azul. Se eu precisasse ir ao aeroporto embarcar no Terminal 03, pegaria metrô em Santana, desceria na Sé, trocaria para a Linha Vermelha, desceria no Brás, andaria bastante no Brás porque a estação é gigante, tomaria no Brás a Linha 12-Safira de trem, desceria na Engenheiro Goulart e, finalmente, acabaria lá no meio da rodovia perto do Terminal 01 de Guarulhos. Na boa hipótese de o ônibus do aeroporto já estar funcionando na estação, eu esperaria um tempo e embarcaria. Caso ainda não esteja, como eu iria até o Terminal 03? Bom, teria que pegar um táxi ou Uber imagino.

Segundo mês de operação (maio) – A operação continua a acontecer nos horários do primeiro mês, porém, passa a ser realizada em todos os dias na semana.

Terceiro mês de operação (junho) – A linha começa a funcionar em horário regular, ou seja,
das 04h00 à meia-noite, todos os dias, entre as estações Engenheiro Goulart, Guarulhos-Cecap e Aeroporto-Guarulhos. Também se inicia um novo serviço, um pouco mais vantajoso, o Connect, que liga a Estação Brás até a Estação Aeroporto-Guarulhos somente nos horários de pico, sem a necessidade de baldeação na Estação Engenheiro Goulart. O trajeto promete ser feito em 35 minutos, com o trem parando nas estações para embarque e desembarque e o valor da tarifa deve ser a mesma do trem metropolitano, que hoje custa R$ 4.

Quarto mês de operação (julho) – Finalmente, começa um serviço que mais se aproxima dos meus sonhos e que atende de maneira mais confortável grande parte da população e dos turistas que se hospedam nos locais de grande concentração hoteleira da cidade, como o centro e a região da Avenida Paulista.

A previsão é que entre em operação o serviço Airport-Express que liga a Estação da Luz ao Aeroporto de Guarulhos de forma direta. Na Estação da Luz há diversas linhas de metrô e trem: 7-Rubi e 11-Coral da CPTM e 1-Azul e 4-Amarela do Metrô, além de outras facilidades de transportes como ônibus e táxi. Ou seja, facilita a vida de quem está em todas as regiões da cidade e até em diversos locais da Grande São Paulo.

O trajeto deve ser feito em 35 minutos em quatro horários programados nos dois sentidos e a tarifa ainda não está definida. Para mim, o gargalo está nos quatro horários programados. A CPTM não informou se haverá esses quatro horários para sempre ou se, ao longo do tempo, mais saídas estarão disponíveis. No meu ideal de conexão para comodidade dos passageiros de acordo com seus horários de voos, deveria ter trens a cada meia hora ou, no máximo, a cada uma hora. Assim, evita, por exemplo, que quem perdeu um trem não acabe perdendo o voo ou tendo que pegar um táxi porque o próximo só sairá depois de três horas.

Não estou nada ansiosa para utilizar o serviço que liga a estação de trem Engenheiro Goulart ao Aeroporto de Guarulhos. Para mim, moradora da zona norte, ela é basicamente inútil. Se eu quiser ir ao Aeroporto de maneira econômica, é mais fácil ir até a Estação Tatuapé da linha Vermelha do metrô e pegar o ônibus que vai até o aeroporto de custa R$ 6,15 e me deixa dentro dos terminais 01 e 02. Mas, claro, para uma parcela da população e turistas o trajeto novo deve funcionar.

Quando estrear o serviço Airport-Express em julho, da Luz até o Aeroporto de Guarulhos, quero experimentar, será uma conexão importante para mim. Porém, vou ficar aqui sonhando com o dia em que haverá partidas a cada uma hora, no máximo. Alckmin, com quantos anos eu estarei quando esse dia chegar?

 

ENVIAR COMENTÁRIO

0 Comentários