Treze atrativos para curtir Boston

por: Tatiane Almeida
1 de Abril 2016

Ela está ali, a três horas de emblemática Nova York. Tão cheia de atrativos para os amantes de arte, da natureza e da gastronomia quanto. O Viajar é Simples visitou Boston, a capital do Estado de Massachusetts, no alto verão, e sugere aqui treze dicas do que fazer na cidade. Quem sabe, depois de conhecer esse miniguia de atividades, Boston se tornará seu próximo destino?

Se está pensando em uma viagem com um pouco de tudo, Boston preenche os requisitos. Uma das cidades norte-americanas mais antigas, fundada pelos ingleses em 1630, os cenários de Boston são ora históricos, ora pitorescos. Os cenários estão no subconsciente de muita gente, pois a cidade é a locação queridinha de muitos filmes do tipo comédia romântica, como “Amor em Jogo”, “Não sei como ela consegue” e “Qual seu número?”. E, ainda, existem vários longas sobre o ingresso nas universidades onde Harvard é sempre mencionada, já que é ao lado. E aí a seleção vai de comédias aos dramas.

Em Boston, é possível se dedicar aos passeios com apelo histórico, visitando os monumentos da Trilha da Liberdade, por exemplo, ou passar o tempo conhecendo museus e igrejas, bem como unir tudo num mix, combinando momentos de pausas no parque, cultura e compras, como na lista a seguir.

Não saia sem seu Charlie Card

Sem querer o turista vai acabar passando por ícones que nem sabia que conhecia. Mas aqui vai um roteiro com o melhor da cidade. A dica é usar ônibus e metrô para tudo, comprando o Charlie Card, seja para uma semana ou mais. Aliás, há uma curiosidade nessa área: o metrô de Boston é mais antigo dos Estados Unidos, construído em 1897.

A linha que mais vai usar do metrô é a “red line”, que faz Alewife, Braintree e Mattapan. Há três paradas que você vai fazer: Park St., Downtown Crossing e South Station, nessa última principalmente se for de Boston para outra cidade depois.

E, agora que você já sabe como se locomover por Boston, acompanhe nossa lista de lugares imperdíveis.

01 – Museum of Science

Programa imperdível é a visita ao Museum of Science, que agrada a todos com seu acervo. Muitas das invenções expostas são interativas e há sessões apresentando experiências na programação. Se estiver sem o CityPass, os tickets custam a partir de US$ 23 adultos e US$ 6 o ingresso para o Butterfly Garden ou Jardim de Borboletas.
Informações: www.mos.org

No topo

É para ver e não esquecer mais. Conferir o Skywalk Observatory e sua vista do alto de 210 metros de altura é de tirar o fôlego e encantar os visitantes. Ele está localizado no Prudential Center, o edifício mais alto de Boston com 52 andares.
Informações: www.topofthehub.net

Como sair sem provar nada?

No Quincy Market você pode parar para fazer um lanche, almoçar ou jantar e gastando pouco. O espaço serve refeições para todos os gostos. Você entra e atravessa um corredor com 12 restaurantes e pubs, com suas estufas repletas de delícias.
Informações: FaneuilHallMarketPlace.com

Tartaruga gigante

No New England Aquarium você vai observar animais como arraias da costa leste, pingüins, leões marinhos, enguias, focas, tubarões e diversos peixes em um tanque de 750 mil litros. A atração principal fica por conta de uma tartaruga gigante. Esse animal está estampado em diversos locais de Boston, nos anúncios sobre o aquário. Mas nada prepara o viajante para o frisson da sua aparição. É realmente surpreendente.
Informações: www.neaq.org

Piquenique no parque

Esquilos, grama verdinha (no verão, claro) e muitas árvores estão no charmoso Boston Commom Park. O mais antigo parque dos Estados Unidos, que já serviu de palco para discurso de Martin Luther King, conta com mais de 50 acres repletos de jardins, lago e bancos para uma pausa no dia. Conselho: tire muitas fotos dos esquilos. Eles adoram. Você pode pensar que eles gostam de você, mas na verdade estão conferindo o que levou para comer no parque. Muito espertinhos!
Informações: www.cityofboston.gov

Para vestir a camisa

Logo que chegar a cidade – ou se possível antes de viajar – entre no site dos Red Sox e compre tickets para assistir uma partida de beisebol no Fenway Park. Nada melhor como estar na cidade e ir ao estádio oficial assistir uma partida com os nativos. Os preços dos ingressos custam em torno de US$ 40 dólares, dependendo da área que escolher do estádio.
Informações: boston.redsox.mlb.com

Mercadinhos

Se gosta da ideia de fazer piquenique e tiver um tempinho, visite o Whole Foods Market, no coração de Boston. Você pode tanto fazer uma refeição no local como levar algo para comer no parque ou no hotel. As opções oferecidas são bem saudáveis e você vai sair com aquela sacola de papel craft, como nos filmes. Também tem a rede Star Market. Com pelo menos cinco supermercados em locais estratégicos, nele é possível comprar potinhos com frutas frescas, sucos naturais e até saladas para levar, em embalagens ótimas.
Informações: www.wholefoodsmarket.com / www.starmarket.com

Boylston e outras ruas

Não tem como errar. Boylston também é o nome da parada do metrô, estando na linha verde. Se você não chegou nela caminhando, a partir do Boston Commom, pode fazer o trajeto de metrô. Já se sabe que os viajantes brasileiros gostam de olhar vitrines (e comprar) nessa rua e arredores (Newbury e Arlington Street). A rua Newbury, por exemplo, abriga aquelas butiques chiques. Mais popular ali tem a H&M que, diferente das outras da cidade, tem uma seção de artigos para casa.
Informações: www.cityofboston.gov

Câmera na mão

O The Arnold Arboretum of Harvard University é, sem dúvida, um lugar para caminhar, observar a natureza e tirar as mais lindas fotos. Fundado em 1872, o Arboretum funciona todos os dias, com exceção dos principais feriados norte-americanos, como o dia da Independência, Ação de Graças, Natal e Ano Novo. Também é aconselhável verificar os horários no período de inverno.
Informações: www.arboretum.harvard.edu

Cerveja genuína

E já que o intuito é conhecer o quanto puder de Boston, que tal a cervejaria da cidade? Na Samuel Adams é possível fazer um tour com degustação de cervejas artesanais, com direito a degustação e copo oficial na saída. A título de curiosidade, Samuel Adams foi governador de Massachusetts, considerado um dos “founding fathers” do país, além de primo de John Adams, segundo presidente dos Estados Unidos. Se quiser saber mais detalhes, contamos sobre a visita do Viajar é Simples lá no blog, clicando aqui.

Navegar pelo Charles River

O Viajar é Simples conferiu e aposta que você vai curtir esta dica, principalmente se visitar o destino nas estações mais amenas. É um ótimo jeito de passear pela cidade e apreciá-la a partir da água. Nada melhor que navegar pelo rio Charles a bordo do clássico Charles River Tour, passando pelo Beacon Hill, Back Bay, MIT e Harvard. O passeio custa a partir de US$ 18.
Informações: charlesriverboat.com

Passeio em um carro diferente

Porque não? Muitas empresas, como a Boston Duck Tours, oferecem o passeio por Boston num veículo anfíbio: ele roda pelas ruas e navega pelo rio. Pode até ser um clichê para os viajantes mais experientes, mas vale pela experiência e sempre é bom sentir o friozinho na barriga em certo momento do percurso, o chamado “splashdown”. Esse é o momento que o veículo entra no rio Charles.
Informações: www.bostonducktours.com

Perto das mentes brilhantes

Abertos ao público e de fácil acesso usando a “red line” do metrô, dois ícones do conhecimento estão ali pertinho, em Cambridge. São duas das instituições de ensino mais conhecidas globalmente: a Universidade de Harvard e o MIT – Massachusetts Institute of Technology. Conhecidas por abrigarem mentes brilhantes, as duas instituições também são pontos turísticos e valem ser visitadas.
Informações: MIT – web.mit.edu / Harvard – www.harvard.edu

Dica para economizar: Boston CityPass

Se você optar por adquirir o Boston CityPass terá entrada quatro atrações por $ 55,00 dólares. São elas: New Englanf Aquarium, Museum of Science, Museum of Fine Arts, Boston e, como opcionais o Skywalk Observatory do Prudencial Center ou Harvard Museum of Natural History.

O bilhete é válido por nove dias a partir do primeiro uso. Um dos pontos positivos de comprar esse talão de ingresso é que é possível evitar as filas de ingresso, pois sempre tem preferência com o CityPass. Informações: http://pt.citypass.com/boston

Serviço

Onde se hospedar

Park Plaza Hotel
Bem localizado, esse hotel está bem pertinho do parque Boston Commom e da Newbury Street. Só por isso dá para imaginar que é possível também caminhar até o metrô para conhecer o restante do destino. Conhecido por receber celebridades e até um ex-presidente do país, esse hotel foi aberto em 1927. A tarifa a partir de US$ 201 por noite (na habitação tipo Classic Little Room).
Informações: www.bostonparkplaza.com

Hilton Hotel
Como era de se esperar, a rede Hilton possui vários hotéis em Boston. Um deles, o Hilton Boston Downtown, está a dez minutos do Logan International Airpor e bem  próximo ao Faneuil Hall, na 89 Broad Street. Portanto, numa linda área da cidade e com fácil acesso A tarifa para o casal sai a partir de US$ 253 dólares a noite, no quarto categoria Standard com cama king.
Informações: www.hilton.com/Boston

Como chegar

United, Delta, American Airlines, United voam para Boston, chegando no Boston Logan Internacional Airport. De lá é muito fácil pegar um ônibus para a cidade. De trem, é possível usar a Amtrak e, de ônibus, mais fácil ainda. Muitas empresas conectam a cidade as outras próximas, como a Greyhound.

ENVIAR COMENTÁRIO

0 Comentários