Navegue nos maiores veleiros do mundo

Por: Sylvia Barreto

Esqueça os transatlânticos, aqueles com mais de mil hóspedes, 20 restaurantes, cassinos, bares e com programação intensa. É possível navegar pelos mesmos e outros mares que os grandes navios mas à moda antiga e com atendimento praticamente personalizado. Como? Com veleiros preparados para receber passageiros.

O milionário Mikael Krafft tinha um sonho desde pequeno: construir barcos a vela acessíveis para todos. Em 1991 ele conquistou seu objetivo de criança com o lançamento do veleiro Star Flyer. A embarcação acomoda 170 passageiros em confortáveis cabines e foi o primeiro barco da companhia marítima Star Clippers.

Não bastava para Krafft construir veleiros que acomodasse bem mais de uma centena de hóspedes, ele também queria fazer um tributo às embarcações clássicas. Por isso, apesar de toda a modernidade encontrada a bordo, tanto o Star Flyer como as embarcações que Krafft encomendaria após ela, são baseadas em veleiros do século 19, a Era de Ouro da Vela.

Três veleiros

Atualmente, a Star Clippers tem três veleiros. O mais luxuoso e maior deles, aliás, o maior do mundo, é o Royal Clipper. Com 42 velas, ele é a réplica de uma embarcação do início do século 20. Acomoda 227 hóspedes em 114 cabines, sendo que a maioria delas é externa e 14 têm varanda e banheira de hidromassagem.

O Star Flyer, primeiro veleiro da companhia, ganhou uma embarcação gêmea, o Star Clipper. Ambos acomodam 170 pessoas. Ao todo, são 85 cabines e quatro decks. Para que eles possam navegar, contam com 16 velas cada.

Itinerários

O Royal Clipper e o Star Flyer navegam pelo belo Mar do Caribe. São roteiros a partir de sete noites que mesclam países paradisíacos, como Barbados, St. Maarten e St. Barts. Uma das vantagens de navegar em embarcações menores que os grandes navios é que os veleiros conseguem acessar locais apenas alcançados por barcos até um certo tamanho.

Outra pedida é conhecer Cuba com o Star Clippers. Há roteiros inteiros com paradas apenas em praias da ilha. Também existem opções que misturam Cuba com outros países caribenhos. São roteiros de sete, nove, dez, onze e quatorze noites.

A Ásia também é contemplada com roteiros do veleiro Star Clipper. Ele tem paradas em países como Tailândia, Malásia e Cingapura, sempre de sete noites. Quer cruzar o Oceano Atlântico e velejar entre Europa e Caribe? Também dá! O Royal Clippers tem cruzeiros de 16 e 28 noites neste estilo e o Star Flyer conta com itinerários transatlânticos de 20, 22 e 25 noites.

Muito procurado para cruzeiros dos grandes navios, o Mediterrâneo não poderia ficar de fora dos roteiros da Star Clippers. O Royal Clipper e o Star Flyer têm opções a partir de cinco noites pela região. Um diferencial são as paradinhas em locais menos acessíveis para barcos maiores.

Lazer e gastronomia

Engana-se quem acha que os veleiros não têm lazer a bordo, talvez pela ideia errônea da falta de espaço. Nada disso. O Royal Clipper, por exemplo, tem três piscinas, spa, deck de observação, livraria bares e um restaurante. Já o Star Clipper e o Star Flyers possuem, cada um, duas piscinas, bares, livraria e restaurante. E, para atender todos os passageiros, seja no quarto ou áreas comuns,  há um tripulante para cada dois hóspedes!

Todos os veleiros oferecem, ainda, alguns esportes aquáticos inclusos, como snorkel, esqui aquático e windsurfe. Os hóspedes ainda podem ter vivências da tripulação, com aulas sobre tipos de nós e ajudando a manejar as velas. Além, é claro, de diversas histórias dos capitães, que costumam se juntar aos passageiros quando podem.

Na mesa, só delícias, a equipe de gastronomia é treinada por chefs renomados. O café da manhã conta com frutas tropicais, carnes grelhadas e omeletes. O almoço é servido em buffet com saladas e frutos do mar como estrelas. Em algumas paradas a equipe faz churrasco em terra! No jantar, os horários são livres e os pratos a la carte são bem elaborados.

Quanto custa?

Apesar de toda a exclusividade e de roteiros paradisíacos, os valores das viagens em veleiros se assemelham aos preços dos cruzeiros em navios convencionais, que usam motores. Um itinerário de sete noites por Cuba, por exemplo, custa a partir de US$ 1380 por pessoa em cabine simples. Inclui todas as refeições e bebidas como água e café. As alcoólicas não estão inclusas, mas os preços cobrados a bordo não são abusivos.

No Brasil, até o momento, quem oferece os cruzeiros Star Clippers é a operadora Qualitours, o site dela é: www.qualitours.com.br

Serviço

www.starclippers.com