Veja quais atrações britânicas reabriram

por: Redação
31 de julho 2020

Recentemente, o VisitBritain, órgão que divulga o turismo da Grã-Bretanha, lançou um padrão de qualidade para o setor de turismo no Reino Unido. O selo, chamado de We’re Good To Go (Estamos Prontos), certifica que o estabelecimento (hotéis, restaurantes, pubs e demais atrações turísticas).

Ele está acordo com as medidas de proteção à saúde exigidas pelo governo britânico para combater o coronavírus, levando segurança ao consumidor. A medida é válida para todos os países britânicos – Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Algumas das atrações britânicas mais famosas já receberam o selo We’re Good To Go e estão prestes a reabrir em agosto de 2020:

London Eye, Inglaterra
Reabertura: 01 de agosto de 2020

Construída para celebrar o novo milênio, a roda-gigante de Londres se tornou um dos pontos turísticos mais disputados da cidade. Oferece vistas panorâmicas impressionantes e se prepara para reabrir no início de agosto de 2020, com sua capacidade reduzida, para permitir o distanciamento social seguro. Para garantir a segurança de todos os visitantes, a atração solicita que a compra dos ingressos seja feita de maneira antecipada, e que os visitantes passem pelo teste de temperatura ao chegar no local.

Site: http://www.londoneye.com
Horário de funcionamento: Tipicamente das 10h00 às 18h00
Ingressos: a partir de £24.50

The Shard, Londres, Inglaterra
Reabertura: 01 de agosto de 2020
Com mais de 310 metros de altura, considerado o edifício mais alto da Europa Ocidental, o arranha-céu em forma de pirâmide é único; com escritórios, bares, restaurantes e até apartamentos em seu interior. A pirâmide de vidro fica bem próxima do Borough Market e está com sua reabertura programada para sábado, 01 de agosto de 2020, para agraciar seus visitantes com paisagens de tirar o fôlego.

Com capacidade reduzida, é solicitado que os visitantes comprem seus ingressos antecipadamente, os horários de chegada serão alocados em janelas de 15 minutos para reduzir a espera. O local também foi equipado com água quente e sabonete para a higienização das mãos, garantindo a máxima higiene e segurança aos visitantes.

Site: www.the-shard.com
Horário de funcionamento: 10h00 às 19h00
Ingressos: a partir de £21.87

Castelo de Edimburgo, Escócia
Reabertura: 01 de agosto de 2020
Um dos castelos mais imponentes e importantes da Escócia, erguido sobre o cume de um vulcão extinto há mais de 300 milhões de anos e que recebe em média um milhão de visitas por ano.

A fortaleza de Edimburgo está com reabertura programada para sábado, 01 de agosto de 2020. O castelo reabrirá apenas o seu espaço externo e permitirá o acesso aos ambientes internos onde o distanciamento social poderá ser praticado com facilidade e segurança. Até o final de agosto, é provável que mais ambientes internos do castelo sejam reabertos, com base nas orientações do governo escocês.

Site: www.edinburghcastle.scot
Horário de funcionamento: 09h30 às 18h00
Ingressos: adulto £15.50, infantil £9.30 e concessão £12.40

Museu de História Natural, Londres, Inglaterra
Reabertura: 05 de agosto de 2020
O Natural History Museum tem sua reabertura programada para quarta-feira, 05 de agosto de 2020. O museu que conta com um imenso acervo sobre diversas espécies de amplos segmentos da história, permitirá apenas um número limitado de pessoas em suas galerias simultâneamente, a fim de manter a segurança de todos os visitantes. Os ingressos já estão disponíveis para agendamento no site.

Site: www.nhm.ac.uk
Horário de funcionamento: quarta à domingo 11h00 – 18h00
Ingressos: gratuito

Stonehenge, em Salisbury, Inglaterra, já reabriu – Crédito: Sylvia Barreto

Museu Victoria & Albert, Londres, Inglaterra
Reabertura: 06 de agosto de 2020
Com reabertura programada para quinta-feira, 06 de agosto de 2020, um dos museus mais famosos do mundo sobre arte, design e performance, permitirá a entrada de um número limitado de pessoas por dia, a fim de garantir espaço suficiente para que os visitantes aproveitem o museu com segurança. A entrada, apesar de gratuita, precisa ser agendada online no site do museu com antecedência. Ao chegar no local, o visitante precisa apresentar seu ingresso virtual.

Site: www.vam.ac.uk
Horário de funcionamento:
A partir de 06 de agosto – quinta a domingo 11h00 – 15h00
A partir de 27 de agosto – quinta a domingo 11h00 – 19h00
Ingressos: gratuito, agendamento pelo site

Algumas das atrações mais queridas e aguardadas da Grã-Bretanha já começaram a reabrir no dia 04 julho de 2020, de acordo da aquisição do selo We’re Good To Go:

Torre de Londres, Inglaterra
O castelo histórico localizado na margem norte do Rio Tâmisa, que é a casa das Joias da Coroa, está aberta desde o dia 11 de julho de 2020. A Torre de Londres já recebeu o selo We’re Good To Go e aguarda ansiosamente pelos seus visitantes curiosos para admirar as Jóias históricas da Coroa e muito mais. Os ingressos são pagos e já estão disponíveis para venda.

Site: www.hrp.org.uk/tower-of-london
Horário de funcionamento: quarta a domingo 10h00 – 18h00
Ingressos: £25, infantil £12.50, concessão £20

Stonehenge, Salisbury, Inglaterra
Listado como Patrimônio Mundial, Stonehenge é o maior e mais bem conservado monumento do Período Neolítico. O famoso círculo de pedras construído entre 3100 a.C. e 2075 a.C. pode ter servido para diversas utilizações ao longo da história. Stonehenge já está aberto para visitação, mas será necessário reservar seus ingressos com antecedência, uma vez que por medidas de segurança, o número de visitantes diários ao local é limitado. Todos os visitantes precisam utilizar máscaras faciais para entrar nos estabelecimentos fechados da atração, como por exemplo, a loja física e a cafeteria.

Site: www.english-heritage.org.uk/visit/places/stonehenge
Horário de funcionamento: quarta a domingo 09h30 – 14h30
Ingressos: adulto £21.10, infantil £12.70, concessão £19

Beatles Story, Liberpool, Inglaterra
Inaugurado em 1 de maio de 1990, o museu narra a história dos Beatles. Mesmo Com áudioguia disponível em português, sua versão original (em inglês) foi gravada em inglês pela meia irmã de John Lennon. Dentro do museu foram recriados lugares que marcaram a trajetória da banda, como o Cavern Club, o Casbah Coffee Club, o Abbey Road Studios e até um pedaço do avião da PanAm que levou a banda aos Estados Unidos pela primeira vez em 1964. Reaberto recentemente, desde 20 de Julho, o museu de Liverpool já está pronto para contar a história dos Beatles novamente. O horário de funcionamento do museu pode ser alterado, então a melhor opção é que o visitante verifique o calendário disponível no website para comprar os ingressos.

Site: www.beatlesstory.com
Horário de funcionamento: quarta a domingo 10h00 – 18h00
Ingressos: adulto £16.00, infantil £9.00, concessão £12.50

 

ENVIAR COMENTÁRIO

0 Comentários