- Viajar é Simples - https://viajaresimples.com.br -

Cabo Frio (RJ) flexibiliza regras de restrição para hotéis e restaurantes

Na última sexta-feira (15/10), a Prefeitura de Cabo Frio (RJ) publicou decreto ampliando as medidas de flexibilização contra a propagação da covid-19 e algumas atingem o setor do turismo. Hotéis e pousadas, por exemplo, podem trabalhar com 100% de ocupação no momento.

Permanece proibido, porém, o aluguel de casas e apartamentos de temporada que não sejam cadastrados na Secretaria de Turismo. Bares e restaurantes podem funcionar até 01h30, enquanto museus e espaços culturais podem abrir das 09h00 às 23h00 e os shoppings, das 10h00 às 23h00. As embarcações de passeio estão autorizadas a operar com até 80% de capacidade. As praias seguem abertas e está permitido o funcionamento de barracas.

O acesso dos veículos de turismo é permitido mediante autorização do Terminal dos Ônibus de Turismo (TOT). O pedido deve ser feito pelos meios de hospedagem com antecedência mínima de 10 dias úteis. Com a autorização em mãos, os veículos devem apresentar o Documento de Arrecadação Municipal impresso, assim como o comprovante de pagamento, no TOT. O terminal tem autorização para operar com o limite de 120 vagas.

Em relação aos eventos, estão autorizados desde que respeitem todas as medidas de prevenção para enfrentamento da pandemia. Os eventos realizados em espaços abertos ou fechados podem ter capacidade máxima de 80% do previsto para o local. Permanecem proibidas a realização de shows e eventos com grande concentração de público, salvo os autorizados pelo Comitê Executivo.

O novo decreto mantém o uso obrigatório de máscaras por toda população, sempre que houver necessidade de sair de casa. O protetor facial deve ser cobrado em todos os estabelecimentos comerciais e veículos públicos.

Segundo o decreto, a Prefeitura justifica as atualizações considerando fatores como a situação atual da pandemia no município, que aponta a redução das internações, casos e óbitos em decorrência da Covid-19, e o avanço da vacinação através da participação da população.