Lufthansa não deixou de voar para o Brasil durante a pandemia - Crédito: Divulgação

Grupo Lufthansa aumenta frequência de voos para o Brasil nos próximos meses

por: Sylvia Barreto
16 de julho 2020

O grupo Lufthansa, do qual fazem parte empresas como Swiss, Edelweiss e Lufthansa, planeja aumentar a freqüência de voos entre Brasil e Europa nos próximos meses. “Mesmo com as restrições de entrada de brasileiros, notamos um aumento na demanda. Existem, por exemplo, passageiros com dupla nacionalidade”, explica Annette Taeuber, diretora de vendas Brasil do Lufthansa Group.

A partir de 02 de setembro, a rota São Paulo Zurique, que está com três frequências semanais, passará a ter cinco. Em outubro, será retomada a rota entre Rio de Janeiro e Zurique da companhia Edelweiss. “Notamos também que muitos brasileiros fazem apenas conexão na Europa e vão para outros destinos que operamos e que não estão com restrições de entrada”, completa Annette.

Durante toda a pandemia, a Lufthansa não deixou de operar a rota entre São Paulo e Frankfurt, apenas diminuiu a frequência. Em junho, aumentou de três voos semanais para cinco. “No entanto, por enquanto, não retomaremos apenas a rota de São Paulo e Munique, lançada em dezembro de 2019. O voo só será relançado quando as freqüências do grupo para Frankfurt e Zurique estiverem fortes”, conta Tom Maes, diretor de vendas para América do Sul do Lufthansa Group.

Os executivos reforçam que o grupo Lufthansa está com diversos procedimentos para evitar a transmissão da covid-19. “É importante saber que todas as aeronaves estão equipadas com filtros HEPA, que remove 99% da poeira e germes do ar”, explica Annette.

De acordo com Maes, os voos do grupo não foram totalmente suspensos no Brasil porque o país é estratégico. “Além da grande comunidade alemã e negócios bilaterais, São Paulo é a maior cidade da América Latina, por isso, é essencial para o grupo manter essas freqüências”, finaliza o executivo.

Tags: swiss , Lufthansa , Edelweiss ,

ENVIAR COMENTÁRIO

0 Comentários